outubro 7, 2022

Como olhar para os dados? Tudo depende do contexto…

É incontestável a facilidade e o número de possibilidades para visualizações que são trazidas pelas ferramentas de BI (Business Intelligence) em grandes Instituições. Elas facilitam a avaliação dos dados associados aos processos e rotinas destas Instituições.
No entanto, o que permite concluir se estes resultados descrevem “o caos” ou o melhor patamar que poderia ser alcançado? É o contexto.
Antes de trazer números, ou pensar em representações, foi feita uma visita ao dicionário com o intuito de trazer o significado para reflexões sobre Contexto. Contexto foi definido como:
1 Conjunto de circunstâncias inter-relacionadas de cuja tessitura se depreende determinado fato ou situação; circunstância(s), conjuntura, situação.
2 Conjunto de circunstâncias que envolvem um fato e são imprescindíveis para o entendimento deste.
3 Encadeamento de ideias ou conjunto de circunstâncias que precedem ou se seguem a determinados elementos e pressupostos de um texto, aprofundando-se o significado quando de sua leitura ou análise.

Ao longo dos anos, trabalhos científicos vêm sendo produzidos seja com o viés de definir o contexto ou de trazer algum contexto para a pesquisa, inclusive na área de saúde. A referência [1] por exemplo define Contexto como o conhecimento que permite definir o que é ou não relevante em uma dada situação e destaca que em sistemas computacionais, o contexto é uma importante ferramenta de apoio à comunicação entre os sistemas e seus usuários.

Já no caso de [2], ele destaca a importância do tratamento de contexto na área de gestão de emergências, onde na falta de contexto, a informação pode ser descartada ou mal utilizada, dado seu aspecto heterogêneo, com elementos de contexto provenientes de muitas fontes (a situação, o tipo de emergência, os atores, etc). Além disso, nestes ambientes o tempo é muito curto.

Mas na prática, na pressão trazida pela necessidade de decisão e na escassez de tempo a qual muitas vezes se deparam os profissionais e gestores, esta análise do contexto é realizada? Ou o “encanto” pelos recursos das ferramentas ainda é o que direciona todo o levantamento e análise? E na Saúde, o que ocorre atualmente? Estamos começando a nos deparar com diversas soluções que permitem análises estatísticas bem como bases de dados passando a ser usadas neste setor.

Trazendo um pequeno exemplo prático, olhando para o gráfico 1 e gráfico 2, qual seria a importância destes gráficos e relevância que trazem estes dados? Depende do contexto…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.